Previous Next

Visita Pastoral de D. António Couto à Panchorra

No dia 25 de janeiro a comunidade paroquial da Panchorra teve um dia de verdadeira Graça de Deus, a presença do seu pastor, o senhor Dom António Couto. De manhã por volta da 10h30 minutos o senhor bispo era recebido na Igreja paroquial para uma breve oração. Neste momento de oração o pároco dirigiu umas palavras de boas vindas ao senhor bispo, convidando-o a entrar nas casas dos paroquianos e sentar-se um pouco à lareira, para conversar sobre Deus. Depois da escuta da palavra de Deus, o senhor bispo, saudou todos os presentes e apresentou o programa da visita pastoral.

A manhã foi marcada pela visita a três doentes da paróquia. A seguir ao almoço o senhor bispo visitou as capelas de Nossa Senhora da Visitação e de São Sebastião no lugar da Talhada, elogiando a dedicação das pessoas e a beleza das mesmas. À tarde, presidiu à eucaristia na Igreja paroquial, administrando o sacramento da Unção do Enfermos, aos irmãos mais fragilizados, seguindo-se a visita ao cemitério para rezarmos pelos irmãos que adormeceram em Deus. Visita esta, que foi breve por causa do vento gélido que se fazia sentir. Para terminar esta primeira jornada, o senhor bispo, sentiu o que significa ser pároco nas paróquias do Montemuro; ficou preso na neve, sendo necessário rebocar o carro com um trator até Picão.
No sábado, dia 27 de janeiro, às 10h30 minutos, o senhor Dom António, reuniu no salão da Junta de Freguesia, para uma Assembleia de Pessoas. Neste encontro referiu que “os cristãos precisam de mais coração nas mãos para se dedicarem mais aos irmãos”. Sugeriu que se trabalhasse mais fora da Igreja: ser catequistas fora da Igreja e visitadores dos irmãos mais fragilizados que vivem sozinhos.

No domingo, dia 28 de janeiro, dia de alegria e festa, a comunidade paroquial levantou-se antes de nascer o sol para preparar o acolhimento ao senhor bispo, com um belíssimo tapete à volta da Igreja. Às 10h30 minutos o senhor Dom António era recebido com estas palavras: “Nós as crianças desta terra queremos oferecer-vos um ramo de flores, a beleza e pureza das nossas gentes, pobres de meios, mas ricas de coração, que sabem convidar a entrar um pouco em suas casas, aquele que vem como peregrino, nestas terras agreste e frias, a sentar-se um pouco ao calor da lareira. Um bem-haja, por ter entrado em nome de Jesus nas nossas vidas e permanecer connosco um pouco”. O Senhor Bispo presidiu à eucaristia administrando o sacramento do Crisma a 3 jovens. Na homilia abriu horizontes novos à comunidade; a viver na alegria do evangelho e a servir os irmãos.

Antes da bênção final o pároco em nome de toda a comunidade agradeceu ao senhor dom António referindo que a sua presença ficou marcada com três palavras: simplicidade, proximidade e alegria.


P. Sérgio de Almeida Lemos,
in Voz de Lamego, ano 88/10, n.º 4447, 6 de fevereiro de 2018

A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
13
14
15
16
18
19
20
21
22
26
27
28

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147