Previous Next

Celebração do Crisma na Paróquia de Penajóia


No passado dia 4 de março 15 jovens receberam o sacramento do crisma na paróquia de Penajóia com a presença do Sr. Bispo D. António Couto.

A proposta para a catequese da Conferência Episcopal Portuguesa reforça que o percurso da catequese se deve realizar ao longo de dez anos e que no final se celebre o sacramento do Crisma. A paróquia de Penajóia vive, como todas as paróquias do interior, os efeitos da diminuição de jovens e o consequente envelhecimento da população. No entanto, na comunidade cristã ainda é possível manter a formação catequética dos dez anos. Este facto, muito se deve ao trabalho persistente dos catequistas e à generosidade das famílias que se disponibilizam para levar à catequese os seus filhos. A catequese, enquanto espaço de descoberta de Deus, deve também promover a vivência da caridade e a participação nas celebrações litúrgicas. Esta tem sido uma das preocupações que a comunidade paroquial tem procurado viver ao envolver as crianças da catequese nas diversas celebrações comunitárias: Jubileus, Natal, Páscoa, Festas da Catequese, Festa do Padroeiro, Dia do Pai e da Mãe... A voz pura e cristalina das nossas crianças e jovens, misturadas com as vozes “roucas” e cansadas dos adultos, criam harmonia tornando as celebrações mais dinâmicas, vivas e intensas. Foi o que aconteceu, mais uma vez, na celebração eucarística no passado domingo. O cântico das crianças ajudou-nos a sentir o suave sopro do Espírito Santo


Os jovens, agora crismados, participaram ao longo deste ano numa preparação mais intensa juntamente com o grupo de jovens da paróquia. Deste modo, pretendemos integrá-los na comunidade e envolve-los na preparação da Jornada Diocesana da Juventude a realizar no arciprestado de Lamego.

A ultima semana, que antecedeu a celebração do crisma, foi para preparar a celebração litúrgica. Todos os pormenores foram tidos em conta desde a receção ao Sr. Bispo, aos cânticos, leituras e ofertório. A festa era deles e com orgulho todos contribuíram para que ela se tornasse um momento Belo de Deus.

Juntamente com este grupo de jovens, um adolescente com paralisia cerebral, o Marco Moura, comungou Jesus Eucarístico pela primeira vez. O Marco não fala nem controla os seus movimentos, mas tem manifestado a vontade de puder comungar e participar em pleno da celebração Eucarística. A presença do Sr. Bispo, foi o momento oportuno para que o Marco pudesse terminar o ciclo dos sacramentos da iniciação cristã. Que bonito estava o Marco e com quanta alegria ele viveu este momento.

Na homilia o Sr. Bispo pediu aos 15 jovens que eles tivessem a coragem e a força para testemunhar Cristo como se fossem 150 ou 1500 jovens. Que não se acomodassem, mas que alimentassem a sua vida pelo verdadeiro Amor. “Sei que, nesta Quaresma, estais a refletir sobre o Amor, tendo como pano de fundo Hino da Caridade de S. Paulo, assumi este amor na vossa vida, não tenhais medo de o comunicar a outros jovens”. O Sr. D. António continuou a dizer que a linguagem do Espírito Santo é a do Amor, mais do que nunca precisamos de viver um amor paciente, sem interesse ou invejoso. Que ele fique marcado nos vossos corações como as palavras gravadas na parede desta igreja.

No final da celebração agradeceu a presença de todos e o modo como viveram e participaram nesta celebração. Pediu ainda que aprendêssemos com as crianças e jovens que são teimosos, atrevidos e irreverentes... utilizemos estas características para viver a nossa Fé.

Obrigado Sr. D. António pela riqueza da celebração e por ajudar esta comunidade a viver em comunhão e amor cristão.


FM, in Voz de Lamego, ano 88/14, n.º 4451, 6 de março de 2018

A acontecer...

Notícias Recentes

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147

Este site usa cookies para uma melhor experiência de utilização. Saiba mais.