Previous Next

Ordenação sacerdotal do Pe. Vítor carreira

Desde domingo que o presbitério da nossa diocese conta com um novo membro, o Padre Vítor Manuel Teixeira Carreira, tal como anunciado na anterior edição deste jornal. A igreja-catedral de Lamego encheu-se para participara na celebração, presidida por D. António Couto.

Desde há uns anos a esta parte que o primeiro domingo de julho está reservado para as ordenações sacerdotais, sempre que haja diáconos a ordenar. Tal como o último domingo do ano litúrgico, dia de Cristo Rei, está reservado para as ordenações diaconais. E assim aconteceu mais uma vez. O Vítor havia sido ordenado diácono em 26 de novembro de 2017 e foi agora ordenado presbítero, no dia 01 de julho de 2018.

O novo padre é filho de Dionísia Cardoso Teixeira Carreira e de Manuel Matias Carreira (já falecido) e é natural da paróquia de Nossa Senhora da Piedade de Queimadela, Armamar. Realizou o seu estágio diaconal sob a orientação dos padres Carlos Carvalho e Francisco Marques, nas paróquias de São Miguel das Antas, Nossa Senhora do Pranto de Aveloso, Santa da Cruz de Beselga, Senhora da Assunção do Ourozinho, São João Batista da Prova, Santa Maria Madalena do Seixo e São João Batista de Sernancelhe.

A primeira celebração eucarística a que presidirá na sua terra natal, também chamada “Missa Nova”, será no próximo domingo, dia 08, em Queimadela, às 17h.
Foram muitos os que quiseram estar com o Vítor neste singular dia, a começar pela sua mãe e irmão e demais familiares, passando pelas gentes de Queimadela e por tantos amigos das diferentes comunidades paroquiais por onde tem passado a vida do novo sacerdote. O presbitério lamecense, com cerca de cinco dezenas de membros, também marcou presença, ladeando D. António Couto, que presidiu, acompanhado ainda por D. Jacinto Botelho. Destaque também para alguns padres e seminaristas vindos das dioceses vizinhas, juntas com Lamego no projeto do Seminário interdiocesano, a funcionar em Braga.

Na homilia, D. António não deixou de comentar os textos litúrgicos do dia, procurando integrar na reflexão orientações para a vida e missão do presbítero.
Antes da bênção final, o responsável pelo Departamento da Pastoral Vocacional, Padre Ângelo Santos, voltou a dirigir-se à assembleia, desta vez para se dirigir ao novo sacerdote. Aqui ficam as suas palavras: “Padre Vítor, bem-vindo à Ordem dos Presbíteros e a partir de hoje nosso irmão no ministério. Ao longo do exercício e da vivência do teu ministério lembra-te das palavras sábias do nosso padroeiro diocesano secundário, St. Agostinho. Cito: ‘Se quiseres chegar ao que ainda não és, não te contentes nunca com aquilo que já és. Porque aonde ficaste satisfeito, ai paraste. Se disseres basta, morreste. Cresce sempre, progride sempre, avança sempre’”.

E quando o cortejo processional se organizava para a saída, toda a assembleia expressou a sua alegria, felicitando o neo-sacerdote com uma demorada salva de palmas. A mesma saudação tiveram os sacerdotes, já na sacristia. Depois, e já no claustro, o Padre Vítor recebeu, individualmente, os cumprimentos de todos.

Pe. Joaquim Dionísio, in Voz de Lamego, ano 88/31, n.º 4468, 3 de julho de 2018

A acontecer...

Notícias Recentes

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147

Este site usa cookies para uma melhor experiência de utilização. Saiba mais.