Previous Next

Convívio Fraterno – n.º 1362

Nos passados dias 5, 6 e 7 de Outubro, realizou-se no Seminário Menor em Resende, o convívio fraterno número 1362.

Decidi fazer o convívio quando, o meu páraco me ligou e me fez o convite, não dei resposta de imediato, mas lá no fundo sabia que era disto que precisava neste momento. Precisava de me encontrar com Ele, mesmo só o tendo percebido quando já lá estava.
Todos de um modo geral fomos para lá com o intuito de experimentar e "ver" o que era o convívio que os amigos tanto nos falavam. Mas ganhamos muito mais do que uma simples ida a algo que os amigos aconselham. Vivenciamos algo muito forte nestes 3 dias, e que agora me faz sentir que tenho muita mais força para as novas experiências e fases que se avizinham neste quarto dia.
Nem sempre tudo na nossa vida é fácil e bom, mas de uma coisa posso ter a certeza, seja o que for, sem dúvida que Ele vai lá estar e me ajudar. Até porque a maior parte das vezes, quem não o vê somos nós, porque na verdade ele nunca nos abandona, Ele é o amigo mais fiel, mais verdadeiro e acima de tudo o que melhor nos ouve, porque até em silêncio Ele nos percebe e compreende e nunca nos deixa desistir.

No convívio pude desfrutar de inúmeras sensações e sentimentos, porque a verdade é que quando nos sentimos em casa é quando mais verdadeiros e sinceros somos. E estes dias foram sem dúvida como estar em casa, não fisicamente mas de alma e coração.
É tão bom sentir que há quem goste de nós sem se importar com as coisas materiais ou à espera que se retribua o favor. E nisso temos que agradecer aos convivas que estiveram connosco, aos que nos acompanharam e fizeram pensar, aos que fizeram várias orações por nós, aos que nos prepararam as maravilhosas refeições e aos que nos serviram no refeitório, porque sem dúvida que vocês foram todos espetaculares! Obrigada em nome de todos nós! Quero também agradecer aos nossos páracos e a todos os que nos ajudaram com algumas vigílias e orações, quer nas nossas paróquias, quer pelo país inteiro que se sacrificaram mesmo sem nos conhecer.

A todos aqueles que estão indecisos se devem experimentar, tenho um conselho: Experimentem, acreditem que vão gostar tanto quanto eu. Pode parecer difícil ou cansativo, mas acreditem no final vão sentir que tiveram a melhor recompensa! Nao têm nada a perder, pelo contrário, têm muito a ganhar!
Um muito obrigada a todos! Principalmente aos que comigo fizeram o convívio fraterno, sem dúvida seremos sempre os amigos do convívio 1362!
Como seria de esperar não podia terminar, sem agradecer a Deus porque foi com Ele que fortalecemos a maior amizade!

Obrigada por tudo!


Ana Patrícia Oliveira (Paróquia de Resende),
in Voz de Lamego, ano 88/43, n.º 4480, 9 de outubro de 2018

A acontecer...

Notícias Recentes

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147

Este site usa cookies para uma melhor experiência de utilização. Saiba mais.