Previous Next

Visita Pastoral de D. António Couto nas Paróquias de Penedono e Granja

As Comunidades paroquiais de S. Pedro de Penedono e de S. Sebastião da Granja, no Arciprestado de Penedono/ Mêda/ Foz Côa/ S. João da Pesqueira, viveram na semana de 30 setembro a 7 de outubro a Visita Pastoral do nosso Bispo, D. António Couto.

A Visita Pastoral teve início a 2 de outubro, pela manhã, com uma sessão solene no Salão Nobre da Câmara Municipal de Penedono. À entrada da Câmara, um belíssimo tapete de flores e dois outdoors fixos na fachada, um representando a figura de Jesus o Bom Pastor, outro com o brasão episcopal de D. António. O ambiente era de alegria e todo o Município, desde o Sr. Presidente da Câmara, Vereação, Assembleia Municipal e todos os funcionários e colaboradores, estavam a viver um momento histórico e festivo. No Salão Nobre, o Sr. Presidente da Câmara, Enfermeiro Carlos Esteves, ofereceu ao Sr. Bispo uma belíssima tela a lápis, representando o emblemático Castelo de Penedono. A todos, por tudo, o nosso muito obrigado.

À saída da Câmara o Sr. Bispo entrou na Capela do Calvário onde um pequeno grupo de senhoras o acolheu.

Na Sede da União de Freguesias de Penedono e Granja fomos acolhidos pelo Sr. Presidente da Junta, Sr. Alfredo e toda a equipa que compõe esta União de Freguesias. Agradecemos-lhes o acolhimento, a gentileza e o almoço.

Pela tarde, a visita ao Agrupamento de Escolas Álvaro Coutinho – o Magriço de Penedono. Fomos recebidos pelo Sr. Diretor, Prof. Romeu e toda a direção escolar. A acompanhar-nos o Sr. Presidente e Vice-Presidente da Câmara Municipal. Visitámos todas as turmas do pré-escolar e do primeiro ciclo. Em todas as salas os alunos receberam o Sr. Bispo com grande alegria, declamaram poemas, cantaram e ofereceram algumas lembranças feitas por eles. O nosso muito obrigado a toda a Direção do Agrupamento.

Pela tarde deslocámo-nos ao Povo de Adobispo. Visitamos 2 casas de pessoas com mais dificuldade em sair devido à sua debilidade física. O Sr. Bispo administrou, com a solicitude do Pastoral, o Sacramento da Santa Unção.
Um grupinho de pessoas esperou junto ao coreto onde recebeu o Sr. Bispo com muita alegria. Um ramo de flores e uma pequena lembrança assinalaram este encontro. Deslocamo-nos até à Capela de Nossa Senhora da Conceição onde foi celebrada a Eucaristia. Nela o Sr. Bispo quis recordar aqueles que a construíram, deixando assim para a história da fé e para a memória este espaço onde Deus habita no meio do Seu Povo; recordou todos quantos já partiram dali; lembrou os filhos ausentes deste povo de Adobispo que longe procuram governar as suas vida e finalmente, colocou sobre o altar do sacrifício eucarístico, todas as intenções que tínhamos no nosso coração.
Em procissão deslocámo-nos ao cemitério, rezando e cantando pelo caminho. O Sr. Bispo passou diante de cada sepultura rezando e derramando água benta, sinal do nosso Batismo, agradecendo o acolhimento demonstrado e a forma como tudo estava arranjado.
A terminar este primeiro dia, tempo ainda para reunião com os elementos dos Conselhos Económicos Paróquias. Sobre a mesa algumas questões e algumas preocupações. O Sr. Bispo escutou atentamente, encorajou com palavras de ânimo, deu conselhos práticos e pontuais. A noite terminaria com um agradável jantar. Um bem-haja a todos!

O segundo dia da Visita Pastoral começou pela visita às Instalações (provisórias) da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários. O Sr. Comandante Nuno Sanina, juntamente com um dispositivo de homens fardados, fizeram as devidas honras. O Sr. Bispo cumprimentou individualmente cada um, falou e elogiou o serviço destes soldados da Paz. Visitámos as instalações e o parque automóvel neste quartel. Feitas as despedidas, o pequenino Nuno entregou uma lembrança ao Sr. Bispo. Agradecemos a afabilidade e a disponibilidade de todos os presentes.

No Posto Territorial da GNR de Penedono fomos recebidos com honras militares pelo Sr. Comandante e pelos Sargentos dos Postos da GNR de São João da Pesqueira e de Moimenta da Beira, bem como alguns elementos do destacamento. O Sr. Comandante fez as honras da casa fez-nos uma visita guiada. O Sr. Bispo agradeceu e deixou palavras de incentivo e gratidão a todos.
A Visita Pastoral continuou no povo da Ferronha. Visitámos o casal Armando e Arminda que nos recebeu com muita alegria e com eles celebrámos a Santa Unção e a Sagrada Comunhão. O povo da Ferronha preparou um pequeno lanche para todos.
Pelas 18h00, a celebração da Eucaristia na Capela de São Sebastião. A alegria deste encontro estava bem espelhada no rosto das pessoas. Um agradecimento a todos pela belíssima tarde.
O dia terminou em reunião com elementos dos grupos corais, catequistas, acólitos, leitores, zeladoras dos altares e escuteiros, de ambas as Paróquias de Penedono e Granja. A todos o Sr. Bispo deixou palavras de gratidão, ânimo e incentivo para a missão.

Ao terceiro dia, a visita no Lar de Santa Isabel de Penedono. Fomos recebidos por alguns elementos da Direção do Lar, pelos funcionários de serviço e por alguns utentes que nos aguardavam. A maior parte já se encontrava na Capela do Lar. Nas palavras do Sr. Bispo, a Unção dos Doentes é uma carícia de Deus para todos os Seus filhos e filhas. Deus não nos abandona, mas está sempre connosco. Em dia de São Francisco de Assis, deixou ainda palavras de conforto e de confiança. Depois da Eucaristia, ainda tivemos a graça de conviver ao almoço com os utentes do Lar.
A tarde ficou ainda preenchida com uma ida ao Centro de Saúde. Aí fomos recebidos pela Sra. Diretora Dra. Lúcia Lucas que nos mostrou as instalações e nos falou das dificuldades por que passam os utentes e os profissionais de saúde. Agradecemos toda a amabilidade e gentileza da Sra. Dra. Lúcia Lucas.

Seguiu-se a Associação Humanitária de Penedono, IPSS que acolhe, em regime de infantário e pré-escolar, 49 crianças do concelho. A direção, os funcionários e todos os meninos, acolheram o Sr. Bispo com um belíssimo cartaz de boas vindas, um ramo de flores e uma cesta cheia de produtos regionais. O Sr. Bispo cumprimentou um a um e tirou fotografias.
Ainda durante a tarde o Sr. Bispo visitou uma doente na sua casa, a D. Maria de Jesus que se encontra acamada sem qualquer mobilidade e sem falar há 51 anos. Com ela vivem as irmãs, a D. Adelaide e a D. Luzinha. Saímos emocionados mas cheios de paz deste encontro que é para todos nós um mistério do amor de Deus e um exemplo de vida.
Dando seguimento ao programa, houve ainda tempo para uma visita ao Centro Social e Paroquial de Penedono onde fomos recebidos pela direção e pelos utentes inscritos neste centro de convívio, terminando com um belíssimo lanche.
Prosseguimos com a Eucaristia, na Igreja Paroquial. O Sr. Bispo espelhou diante de nós a vida de São Francisco de Assis. Ao cemitério fomos rezar pelos nossos familiares que já partiram.

O quarto dia da Visita Pastoral foi dedicado à Paróquia de São Sebastião da Granja. Primeiro, o acolhimento na Associação Cultural da Granja. Depois, a visita à Capela de Santo António e, de seguida, visita a casa da D. Amélia que, nos seus 95 anos, nos aguardava ansiosa. A conversa foi simples e breve e a D. Amélia ficou confortada com a visita.

Preparamo-nos para a entrada oficial na Igreja Paroquial, com um grupo significativo a receber o Sr. Bispo. No início da celebração da Eucaristia, a Sr.ª Eng. Helena Cabral, membro ativo desta comunidade e Presidente da Assembleia Municipal, tomou a palavra e deixou palavras de agradecimento e gratidão por este momento. No final, os agradecimentos do pároco, sublinhando que uma vez fortalecidos na fé pelo nosso Pastor, o nosso compromisso cristão deve ser mais sério e mais fiel.

Três momentos marcariam ainda este fim de dia: procissão ao cemitério, bênção e descerrar da placa inaugural da nova Casa Mortuária da Granja, convívio de todas as pessoas em lanche oferecido pela União de Freguesias.
A todos os intervenientes e a todo o Povo da Granja deixamos o nosso reconhecido obrigado.

No sábado, pela tarde, dois encontros marcantes. O primeiro com as crianças da catequese. A todos o Sr. Bispo deixou palavras de muito entusiasmo e de muito afeto. O segundo com os jovens do Crisma. Todos os jovens tiveram a oportunidade de fazer esta última preparação com o Sr. Bispo. Ser crismado é ser de Cristo. Cristo é o ungido do Pai, cada um destes jovens é ungido em Cristo, ou seja, identificado a Cristo para viver e ser à maneira de Cristo.
No final do dia, a Eucaristia no Santuário de Santa Eufémia.

Domingo, 7 de outubro, dia de festa por excelência, celebração da Eucaristia com administração do Crisma. O Sr. Bispo foi saudado com um salva de palmas e foi-lhe oferecido um ramo de flores, beijando a Cruz Paroquial. Na celebração da Eucaristia, o Crisma de 29 jovens a quem o Sr. Bispo deixou palavras de incentivo.

A celebração da Eucaristia terminou com as palavras do Pároco, que lembrou a todos a grande responsabilidade que foi deixada na comunidade depois desta intensa semana. A todos e a cada um deixamos um grande obrigado, pedindo ao Espírito Santo que continue a abençoar e a derramar os Seus dons sobre estas Comunidades Paroquiais. Um obrigado especial ao Sr. Bispo, D. António Couto e ao irmão Joaquim.


Pe. José Miguel, in Voz de Lamego, ano 88/43, n.º 4480, 9 de outubro de 2018

A acontecer...

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147

Este site usa cookies para uma melhor experiência de utilização. Saiba mais.