Jornadas Nacionais de Catequistas: Mediadores do encontro com Ele

Do dia 3 ao dia 5 de novembro, tiveram lugar em Fátima, as Jornadas Nacionais de Catequistas, com a presença do Sr. D. António Moiteiro, Presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé.  Da nossa Diocese participaram seis catequistas e na organização dos trabalhos colaboraram dois elementos do secretariado diocesano.

Os trabalhos começaram no dia 3 com uma reflexão orientada pelo Sr. Padre Mário de Sousa, da diocese do Algarve, sobre “A alegria do encontro com o ressuscitado”. No dia 4 decorreram duas conferências: uma orientada pelo Sr. D. António Moiteiro sobre Linhas programáticas para a catequese e outra pelo Sr. Padre José Frazão, da companhia de Jesus, sobre O encontro com Jesus Cristo. Na tarde do dia 4 e dia 5 realizaram-se partilhas em grupo sobre os lugares, destinatários e mediadores da catequese que nos são apresentados na carta pastoral “Catequese: a alegria do encontro com Cristo”.

Desta formação importa reter e referir alguns princípios e propósitos que nos foram deixados nas intervenções do Sr. D. António Moiteiro e do Sr. Padre José Frazão. Ambos referiram uma ideia fundamental, “ o catequista só pode ser verdadeiro mediador do encontro com Jesus Cristo quando experimentar este encontro”. Referiu ainda o Sr. D. António Moiteiro que é importante que “a catequese se baseie hoje no despertar da fé e não tanto na transmissão da fé. Portanto na boca do catequista deve ressoar o primeiro anúncio, o Kerigma.” Por fim referiu ainda que a vocação do catequista é “ o conhecimento amoroso de Cristo que brota do desejo de o anunciar”. Neste sentido só podemos, enquanto catequistas, ser verdadeiros anunciadores de Cristo quando chegarmos ao verdadeiro encontro com Ele. Assim o Sr. Padre José Frazão referiu que a missão do catequista é “retirar os obstáculos ao encontro com Cristo”. Na sua intervenção deixou-nos ainda 5 elementos que, segundo ele, são importantes para que haja este encontro: “reconhecimento de Cristo como vida da minha existência; ser capaz de suscitar a adesão da minha inteligência e do meu afeto; acolher a verdade que é Jesus no nosso corpo e na nossa alma; Jesus que confirma a expectativa de felicidade e de bem e assim dará uma forma à nossa vida e à nossa existência”.

Estas jornadas ajudaram a perceber que é fundamental o verdadeiro encontro com Cristo para podermos conduzir os nossos catequizandos a este encontro. Portanto, como referiu o Sr. Padre José Frazão, o catequista deve ser “o barqueiro e remover de obstáculos” que interrompem o encontro com Jesus Cristo.

 

SDEC, in Voz de Lamego, ano 87/49, n.º 4435, 7 de novembro de 2017

A acontecer...

Notícias Recentes

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147

Este site usa cookies para uma melhor experiência de utilização. Saiba mais.