Previous Next

Visita Pastoral - Santa Cristina de Tendais

Nos dias 6, 7, 9 e 10 de Dezembro teve lugar a Visita Pastoral do Senhor D. António Couto, à paróquia de Santa Cristina de Tendais, do arciprestado de Cinfães Resende. Em conformidade com o programa estabelecido, no primeiro dia, da parte da manhã, visitou as povoações de Casais e Sá;  de tarde a escola do 1º ciclo e Jardim de Infância e as povoações de Meridãos, Mourelos, Valverde, Sentes, Vila de Muros e Enxidrô, concluindo em  Marcelim com a celebração da eucaristia animada por um grupo de jovens.

O local de encontro, em cada povoação, foi a capela onde as pessoas habitualmente se reúnem para a celebração da eucaristia. No exterior de cada templo, com uma postura próxima e acolhedora o Sr. Bispo saudou  as pessoas presentes, ao mesmo tempo que estas exprimiam a sua grande satisfação e alegria por receberem o seu pastor que os visitava no local da sua residência. Em cada capela, e partindo dos textos bíblicos próprios da  liturgia de cada dia, numa linguagem simples e interpelativa o Sr. Bispo sublinhava a importância do reconhecimento  da presença de Deus junto do seu povo. Evocando os antepassados que tinham construído estes pequenos templos e todos quantos ao longo dos anos neles tinham feito oração, convidava a redescobrir em cada lugar de culto um dos sinais da presença de Deus, no meio das casas dos seus filhos. As palavras de S. João Paulo II,  “O homem é amado por Deus” enquanto anúncio a levar aos homens pela Igreja foram insistentemente evocadas para serem acolhidas e testemunhadas tendo como referência a dedicação misericordiosa do Bom Samaritano. Aonde havia doentes que não podiam sair de suas casas eram visitados, distribuída a sagrada comunhão e administrado o sacramento da Santa unção. Todos foram visitados, alguns em locais bastante isolados e já sob o escuro da noite, porque as tardes de Dezembro além de frias são pequenas.

Na visita à escola do 1º Ciclo e Jardim de Infância, em Meridãos, o encontro com as crianças foi marcado por um grande envolvimento de toda esta comunidade educativa. Sob a orientação da responsável pela escola, a Sª Professora Rosa, e  com a colaboração dos professores e pessoal auxiliar, as crianças dirigidas pelo seu professor de Educação Musical receberam o Sr. Bispo, entoando de forma vivida e tecnicamente perfeita algumas canções que a todos encantaram. Seguiu-se um diálogo bastante participado e muito atento com o Sr. Bispo, do qual se destacou, a resposta a uma pergunta feita “porque foi para Padre?”, e a referência feita ao despertar da vocação, ainda em pequeno, quando frequentava a Igreja Matriz da sua terra natal. Gradualmente foi despontando o gosto de servir aquele Senhor que tinha uma casa tão bonita. Pelos 10 anos a ida para o Seminário, sem o apoio da família, para a longínqua terra de Tomar. Uma viagem sem o conforto e a rapidez que proporcionam as vias de comunicação e os meios de transporte de hoje, levando consigo uma mala com o vestuário, lençóis, toalhas e outros bens de primeira necessidade. O reencontro com a famílias seria só no ano seguinte. Seguidamente as crianças entregaram algumas lembranças ao Sr. Bispo. Não era difícil perceber, na alegria e satisfação expressas no rosto de todos, como tinha sido marcante aquele encontro.

No segundo dia, a manhã começou na povoação de Aveloso, seguindo depois para Macieira, Fermentãos, Quinhão, Boavista terminado com a eucaristia na Granja, tudo decorrendo com o mesmo espírito e dinâmica do primeiro dia, terminando com um jantar com representantes das Associações locais e da Comissão da Igreja

Na manhã do dia 9, foram visitados dois dos três cemitérios existentes na freguesia em Vila de Muros e Soutelo numa celebração pelos que nos precederam, de agradecimento pelo muito que deles recebemos e de invocação confiante à misericórdia do nosso Bom Deus.

Da parte de tarde o encontro com os crismandos. Num tom coloquial e envolvente no centro deste encontro esteve o sacramento do Crisma a receber no dia seguinte bem como as responsabilidades e compromissos a ele inerentes. Seguiu-se a eucaristia vespertina na Igreja Matriz, com a administração do sacramento da Santa Unção  “uma carícia de Deus, aos seus filhos e filhas” sendo muitos os que o quiseram receber. No salão paroquial teve depois lugar o encontro com os movimentos e associações da paróquia. Foi depois o Sr. Bispo recebido na Junta de Freguesia, pelo seu Presidente André Duarte, restante equipa, e Presidente da Assembleia, onde tomou conhecimento e refletiu sobre questões e problemas relacionados com a comunidade aqui residente. O dia terminou com um jantar com movimentos e Junta de Freguesia.

A visita Pastoral culminaria com a celebração na manhã do dia 10, na Igreja Matriz, em que um grupo de 17 jovens recebeu o sacramento do Crisma. A chuva e o vento da intempérie Ana, a assolar o nosso país, criou limitações, mas em nada abalou a riqueza da vivência eclesial proporcionada por esta Visita Pastoral.

A A P, in Voz de Lamego, ano 87/54, n.º 4440, 12 de dezembro de 2017

A acontecer...

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147