Previous Next

Festas em honra de Nossa Senhora dos Remédios

O ano de 2020 ficará nos anais da história grandemente marcado pela pandemia do novo corona vírus. A Igreja, como é óbvio, também foi colocada à prova, pelas celebrações comunitárias suspensas e, posteriormente, com bastantes restrições, com a suspensão, adiamento ou supressão de festas, de procissões, de romarias ou realizadas com vários condicionamentos na perspetiva de salvaguardar a saúde pública e evitar o alastrar do contágio pandémico.

As emblemáticas Festas de Nossa Senhora dos Remédios, que colocam, por estes dias, a cidade de Lamego no centro das atenções, sofreram, como tantas outras, os condicionalismos devido ao surto pandémico, mas, ainda assim, não se deixaram de promover alguns eventos que assinalam esta efeméride, para a região e para o país.

O Museu Diocesano preparou a exposição “Senhora dos Remédios, Arte e Devoção”. O município lançou um concurso de montras alusivas às festas dos Remédios, além das barraquinhas, na avenida, a Exposição de fotografia de Alfredo Santos, “As Festas dos Remédios”, no Teatro Ribeiro Conceição, a atuação do Rancho Regional de Fafel, na evocação do Festival Internacional de Folclore, com transmissão online, as conversas de Firmino Almeida e convidados, sobre as décadas de 50 e 60 na cidade de Lamego, a exposição “Carro da Cidade”, relembrando a marcha luminosa e a batalha das flores. Para assinalar a abertura das festas, e assim o encerramento, o lançamento de fogo de artifício em quatro pontos da cidade. Desde o dia 21 de agosto e até ao dia 9 de setembro, fogo diário de 12 morteiros, às 12h00 e às 21h00.

Coincidência feliz foram também as 7 Maravilhas da Cultura Popular, programa produzido pela RTP 1 e que consagrou como uma dessas maravilhas as Festas de Nossa Senhora dos Remédios, projetando-as ainda mais no país e nas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.

A nível religioso, sob o tema “Com Maria, vamos rezar pelo fim da pandemia”, realizou-se a novena, de 30 de agosto a 7 de setembro, na Igreja do Santuário e com a transmissão via rádio, som, e via internet, som e imagem, pela Rádio Clube de Lamego. O que já era uma tradição, ganhou este ano maior relevância, num apelo para acompanhar a novena por estes meios radiofónicos e telemáticos para evitar aglomerações na Igreja e no recinto, sendo que no interior da Igreja os lugares foram limitados para garantir o distanciamento físico entre fiéis.

O grande dia, 8 de setembro, Festa da Natividade de Nossa Senhora, a celebração solene da Santa Missa, presidida pelo nosso Bispo D. António, e com a presença do sr. Reitor, das autoridades, Presidente do Município e vereação, Presidente da Assembleia Municipal, e muitos peregrinos no interior e no exterior do santuário, salvaguardando as normas sanitárias em vigor.

Durante a homilia, o Sr. Bispo refletiu sobre o espaço e sobre o tempo, nestes tempos de pandemia. Os templos de espaço pode exigir afastamento e até podem ser destruídos, então construamos templos de tempo, preenchendo-os de amor e de paz, de Deus, de Maria e de Jesus. Nossa Senhora dos Remédios não pode sair a visitar o rosto dos seus filhos, na sua cidade de Lamego, é obrigada a ficar em casa, mas como Mãe que vela pela saúde dos seus filhos e os acolhe com amor e ternura, os que vêm de perto e os que vêm de longe. A segurança é, antes de mais, interior, vem-nos de Jesus, da paz e do amor. Agarremo-nos ao manto de Maria e de Jesus, também nestes tempos que vão ser difíceis.

O Reitor do Santuário, Pe. João António, agradeceu a presença de todos, a colaboração de quantos preparam a novena e as festas, com os condicionalismos já conhecidos, e a quem as promoveu para que, como maravilha, fosse também (re)conhecida por mais pessoas. A finalizar, a todos confia à proteção da Virgem Maria, a Senhora dos Remédios: acolhidos no seu regaço de Mãe, louvemo-la pela vida inteira.


in Voz de Lamego, ano 90/39, n.º 4574, 8 de setembro de 2020

A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147